Início >> Oportunidades >> WCIT inova e versão brasileira terá prêmio global para empreendedorismo (BSB)

WCIT inova e versão brasileira terá prêmio global para empreendedorismo (BSB)

Luís Osvaldo Grossmann … http://convergenciadigital.uol.com.br/
wcit2016-h1A 20ª edição do WCIT, o Congresso Mundial de Tecnologia da Informação, que acontece, em Brasília entre 3 e 5 de outubro, vai sediar, pela primeira vez, a seleção e premiação de produtos ou serviços inovadores. A ideia é dar impulso a boas soluções de forma que elas ganhem escala global.

“Pela primeira vez o WCIT terá uma competição internacional para que a gente identifique soluções emergentes. E não apenas para premiar uma ideia, mas efetivamente os que estão emergindo, colocando em prática. É uma oportunidade única de ganhar visibilidade”, diz o presidente do conselho da Memora, uma das patrocinadoras do prêmio, Humberto Ribeiro.

Dessa forma, a competição vai envolver soluções que já existam, ainda que por enquanto em escala reduzida, por exemplo com um único cliente, privado ou público. Para participar, os interessados devem se inscrever até 10 de agosto, nesse link.

“O que estamos buscando são soluções que tenham um propósito forte, que seja significativo na vida de indivíduos, de grupos ou da sociedade. Nesse sentido, o principal critério para a premiação é ter um impacto social positivo”, completa Humberto Ribeiro.

As inscrições já estão abertas e pode ser feitas diretamente na página da 20ª edição do WCIT. Batizado de Witsa Emerging Digital Solutions, o prêmio deve se tornar permanente nos eventos patrocinados pela aliança mundial de TI e serviços.

Os empreendedores devem demonstrar uma solução provada com capacidade de ampla disseminação e que, como destacou Ribeiro, tenham impacto na qualidade de vida de indivíduos, grupos ou da sociedade. Essa amplitude vale também para a arquitetura tecnológica, visto caberem soluções em internet das coisas, computação em nuvem, big data, smart cities, vestíveis, etc.

Em princípio devem ser premiados os cinco melhores avaliados pela comissão internacional de avaliação da WITSA, mas com apenas dois dias de inscrições a procura já faz os organizadores avaliarem a possibilidade de aumentar esse número.

O prêmio, além de garantir passagem para Brasília – de qualquer lugar do mundo – e cobrir a participação no WCIT, é focado em dar visibilidade às soluções eleitas. Haverá destaque para os produtos ou serviços selecionados durante o próprio evento, com sessões especiais com a comunidade internacional de TI, espaço privilegiado para a divulgação da solução e o selo de qualidade da Witsa.

Sobre Rose Meusburger

Veja também

Governo abandona prédio histórico – Belém (PA)

Telhados tomados por buracos e plantas, paredes infiltradas, piso encharcado pela água empoçada e documentos históricos sendo destruídos pela ação do tempo. Esse é o quadro atual do prédio onde funcionou o Instituto Estadual de Educação do Pará (IEEP), edificação centenária encravada no centro de Belém e que hoje pena com o abandono.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *